BlogBlogs.Com.Br

sábado, 14 de março de 2009

É preciso Ler para Crer!





O projeto Ler para Crer vai realizar oficinas itinerantes em municípios cearenses para sensibilizar moradores a implantarem bibliotecas comunitárias. Mais que reunir livros e periódicos num espaço com estantes e mesas, o modelo a ser construído deve refletir as demandas, histórias, memórias e manifestações sociais e culturais dos habitantes de cada lugar. A primeira oficina acontece dias 14 e 15 de março em Aquiraz, na Região Metropolitana de Fortaleza. Depois em Itaitinga (28 e 29 de março) e Redenção (24 e 25 de abril). A iniciativa é do Departamento de Ciências da Informação da Universidade Federal do Ceará, em parceria com Governo Federal - Ministério da Cultura e Ministério da Educação - e prefeituras dos municípios. O patrocínio é da Petrobras.

A experiência surgiu de uma idéia do Prof. Tadeu Feitosa, chefe do Departamento de Ciências da Informação: a criação da Biblioteca Comunitária do Benfica, sediada na Área II do Centro de Humanidades no Campus do Benfica da UFC. Transformado em projeto de extensão, o Ler pra Crer, sob a coordenação da Profª. Lídia Eugênia Cavalcante, do Departamento de Ciências da Informação, começou ali e passou a realizar caravanas de professores e estudantes bolsistas e voluntários a municípios cearenses. Em dezembro passado, o projeto venceu o Edital Proext, do Minc, e agora as atividades se reforçam nos três municípios citados.


Para o Prof. Tadeu Feitosa, também coordenador geral da Biblioteca Comunitária do Benfica, o projeto difere do conceito de “bibliotecas públicas de plantão” que arbitram sobre as demandas da população. “Não é ir lá no município e, arbitrariamente, implantar uma biblioteca. Queremos formar pessoas que discutam o conceito de biblioteca. São as pessoas de Aquiraz que irão construí-lo com o cheiro de Aquiraz.”, comenta.

Longe da idéia de um depósito de livros, o projeto propõe uma biblioteca comunitária onde “todas as vozes, imagens, gestos, sotaques e dicções possam ser encontradas e trabalhadas”. Segundo ele, esse espaço de convivência “gestado e gerido pela comunidade” pode ser um celeiro de arquivo cine-video-gráfico, onde caibam além do álbuns de família e expressões da memória em curso – discursos orais de moradores antigos, manifestações culturais.


Mais Informações: Prof. Tadeu Feitosa, Departamento de Ciências da Informação da UFC - (fone: 3366 7696), Lídia Eugênia Cavalcante, Coordenadora do Projeto Ler para Crer - (fone: 85 3366 7706)



Fonte:http://www.boanoticia.org.br/noticias-naintegra.php?id=Bn2+4B9SI6TUWTZLIex8PVpEH0V9O3BuCzLUjgQ/Jxo=



Parabéns a iniciativa dos professores acima citados,que incentivam acima de tudo a Educação como agente tranfrmador da sociedade.Implementam um conceito de biblioteca diferente ,na qual os moradores terâo que geril-la e compreender a responsabilidade que é a disseminação do conhecimento.


Seria Interessante que mais idéias como essa fossem aplicadas em outros locais!


Fiquem Com Deus!

Paz =D

4 comentários francos:

Portal80 19 de março de 2009 02:16  

Oi, Franco. Tudo franco?rs
Valeu o carinho! Vamos que vamos, né? Isso de biblioteca e, comunitária, mais bacana ainda. É preciso dar acesso, disseminar conhecimento mesmo. Embora eu admita que não vá tanto a bibliotecas. hauhaua Mas, tô querendo de verdade, me cadastrar em algumas. Enfim, perder algumas horas lá, folhear revistas ... É bom também, muito bom! Digo até mesmo porque livro é caro, revista também. Semanal então ... tsc tsc tsc

Aqui, em Brasília, tem um espaço beeeem legal, mas não conheço, digo, não sou associada e, infelizmente, tb não fui a qualquer evento. ;( Mas, querendo dar uma olhada, o link é http://www.t-bone.org.br/

Eles inauguram prateleiras de livros nas paradas de ônibus por aqui. Então, galera pega e .. devolve quando puder. Enfim ... Há também no metrô. Por aí rola? Aliás, estou com 2 do metrô, um deles de poesia.

Ufa!!! E, escrevo...rs Vamos nos falando e suuucesso aí.

Longa vida pra vc tb e projetos.

Abs ...

Portal80 19 de março de 2009 02:17  

Ah, sim! Você trabalha para esta ong aí Boa Notícia? hauhauhau

Fui olhar e gracinha eles! É isso aí: terceiro setor.

T!

Blog do Franco 20 de março de 2009 15:18  

OlÁ sIMOne!

a idéia da disseminação do conhecimento é sempre válida!

..confesso também que não vou muito a biblioteca ,entretanto para aquelas pessoas que não tem acesso a livrso e revistas como ´e no caso aew do Artigo,é muito bom!

Blog do Franco 20 de março de 2009 15:20  

..ah já dei uma olhada neste projeto é muiito bom e criativa a idéia de se chegar ao leitor..´i gual auqle ditado se maomé não vai a montanha a montanha vai a Maomé! no caso a Biblioteca vai até o leitoR!


Maravilhas!

..ps não trabalho pra esta oNG ,só enalteco alguns artigos educativos!

beijus!

Postar um comentário

Respondo os comentários por aqui mesmo.


.SEja Franco e não se reprima! Opine já!

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR