BlogBlogs.Com.Br

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Estou insatisfeito com o meu trabalho.O que fazer?




Então, este post é em resposta uma pessoa que pediu uma orientação, lembras do pergunte ao franco? Então vamos lá.


“Trabalho em uma empresa onde não me sinto bem,os patrões são grossos,gritam com a gente sem motivo...Hoje recebi uma chamada para fazer uma entrevista em outro lugar...Mais agora to em duvida, pois por mais que essa empresa seja ruim eu sei que eles precisam do meu serviço, pq não para ninguém trabalhando lá,pra vc ter uma idéia de quando entrei isso faz 5 meses, ja passaram 3 funcionarias diferentes na empresa e já esta indo para 4 sem se referir a mim, mais também penso que essa pode ser minha chance de sair daqui, onde passo o dia em frente ao um computador, fechada numa sala”



Você mencionou que não se sente bem,existe uma coisa chamada clima organizacional,é a maneira como o profissional percebe a empresa, se ele está motivado ou não, se ele se sente bem ou não,e você acaba de informar que não.

Patrões grossos, Ou seja, maus gestores, isso remete a constrangimentos e em alguns casos cabe até processo,um gestor que gerencia seus funcionários desta forma truculenta,não possui ética empresarial,alem de ser um autoritário de carteirinha.

A empresa sempre vai precisar do seu serviço, sempre será assim, quem evolui a empresa no mercado é a linha de frente,seus funcionários.

Você recebe uma proposta e? É a sua chance de sair, de evoluir em sua carreira profissional, mudar de um ambiente onde você não é reconhecido e tratado de forma ríspida é uma escolha natural.



Conheço bem esta linha de gestor, que acompanha e cobra resultados de seus colaboradores no grito,no constrangimento,na disputa irracional,partem do princípio que o funcionário naturalmente é inclinado a ser preguiçoso e desonesto e se tiver a oportunidade de ludibriar o seu supervisor,fará isso.

Lembrando que, para mudar de emprego o mais viável e já ter a segurança de que vai ter a oportunidade na empresa futura.


Espero que tenha lhe ajudado. Boa sorte. Sucesso.

Falta de comprometimento com a empresa,sei que esse não é o seu caso,mais dá uma olhada,também figuram estes tipos no trabalho.

6 comentários francos:

Dri 13 de agosto de 2009 21:21  

Olá Franco, tudo bem?
Esse é um tema polêmico e que infelizmente acontece muito em diversas empresas.
Não mencionei no meu blog, mas atuo na área de RH como analista de treinamento, e vejo que ainda existem muitos empresários, diretores, gerentes, líderes de diversos níveis que não conhece a tal "Gestão de Pessoas", acreditam que liderar é mandar, ordenar e conforme a sua personalidade e conduta, acaba por ofender os funcionários por diversos motivos.
Concordo com suas dicas, pois além de conhecer pessoas que já passaram pela situação, eu também já me senti desrespeitada e consequentemente desmotivada.
Penso que sempre devemos nos fazer os seguintes questionamentos:
O que eu quero para a minha vida profissional?
A empresa que atuo proporciona o meu desenvolvimento profissional? Como ela proporciona isso?
Os meus objetivos estão em acordo com os objetivos da empresa?
O que me motiva na empresa que atuo? E o que me desmotiva? (Lembrando que não basta termos uma motivação externa, antes disso, vem automotivação, inerente a cada indivíduo).
Estamos acostumados a realizar entrevistas e a sermos avaliados o tempo todo, até mesmo após o emprego conquistado, porém, devemos nos lembrar que a empresa a qual pretendemos atuar ou já atuamos também deve ser avaliada, não apenas pelos benefícios e salário oferecido, mas a empresa como um "todo".
Espero ter contribuído com um pouquinho do meu conhecimento na área.
Beijos
Dri (www.espacovidaequilibrio.blogspot.com)

Danilo 13 de agosto de 2009 23:10  

Anderson,

Muito interessante essa resposta sua, essa pessoa que lhe pediu conselhos deve ter em mente que as vezes podemos estar acomodados com o empregos e precisamos de novos ares para a nossa vida profissional, e ainda nessa empresa pelo jeito, com alto turn over, péssimos gestores, e clima sem comentários, acredito que será dificil essa pessoa se desenvolver nesta empresa, acredito que essa entrevista / oportunidade é algo que deveria ser feito...

*Carol Carolina* 14 de agosto de 2009 00:07  

Franco desculpe a demora!!!
mas, to aqui rsrs!!!
eu nao to podendo opinar sobre trabalho...sairia uma dissertação enorme.....rsrs.!!!

voltarei mais! beijos

Blog do Franco 14 de agosto de 2009 01:03  

Olá Dri.

Concordo com você,em vários sentidos,motivação,prioritariamente partir do funcionário,com complementação da empresa.Através de suportes e apoios,treinamento capacitração,readequar papeis.

Estes questionamentos são válidos para nortear, a simples permanência e uma possível ascensão profissional na empresa.



Tem empresa,que concede bons espaços e ambientes e trata bem o profissional que hoje é chamado de colabaorador e empresa que não.


obrigado pela sua participação. E sucesso em sa área,que e bem interessante,saber recutar e selecinar é uma arte.

Esperamos ter ajudado este leitor(a).

Abraços

Blog do Franco 14 de agosto de 2009 01:05  

Olá Danilo.

obrigado pos compartilhar a sua visão conosco.


Abraço!

Anônimo,  14 de fevereiro de 2011 17:31  

estou com esse problema aqui na empresa o ambiente é muito ruins pois os patroes são pessoas que acham que sabe tudo..mao esculta e ruins estou muito saturado tenho 4 anos aqui nao queria perder esse tempo sabe mais tá dificil , não queria ser demitido por justa causa , mais vou tentar um acordo !!!

Postar um comentário

Respondo os comentários por aqui mesmo.


.SEja Franco e não se reprima! Opine já!

  ©Template Blogger Writer II by Dicas Blogger.

SUBIR